Programa FLTA da Fulbright | Crédito: Divulgação
Programa FLTA da Fulbright | Crédito: Divulgação

Programa Foreign Language Teaching Assistant, da Fulbright, oferece bolsas para professores brasileiros ensinarem português nos EUA. Inscrições até 28/07.

Já pensou em ensinar português nos Estados Unidos? O programa Foreign Language Teaching Assistant – FLTA, da Comissão Fulbright, está com as inscrições abertas. Aproximadamente 20 bolsas, de nove meses de duração, serão oferecidas para professores brasileiros ensinarem português nos EUA!

Com o objetivo de ampliar o entendimento mútuo entre os Estados Unidos e o Brasil, o FLTA fomenta a proficiência em língua portuguesa nas faculdades e universidades dos EUA. Além disso, oferece a jovens professores brasileiros a possibilidade de aperfeiçoar suas habilidades de ensino, aumentar sua proficiência na língua inglesa e ampliar seus conhecimentos sobre a cultura e costumes dos Estados Unidos.

Durante o FLTA, bolsistas selecionados são alocados em universidades nos EUA, onde auxiliam no ensino de português e frequentam cursos sobre a cultura e história dos EUA, além de outras disciplinas de seu interesse.

> O que é preciso para participar:

  • Possuir nacionalidade brasileira e não ter nacionalidade norte-americana
  • Possuir bacharelado ou licenciatura em língua portuguesa e/ou inglesa, com conclusão do curso após 31 de dezembro de 2014
  • Ter proficiência em inglês, com certificado com data posterior a 1 de julho de 2018 (TOEFL-ITP com nota mínima de 550 pontos; TOEFL-iBT de 79 pontos; ou IELTS de 6.0)
  • Residir no Brasil no momento da candidatura e durante todo o processo seletivo
  • Não receber ou ter recebido bolsa ou benefício financeiro da Comissão Fulbright ou outras agências ou entidades brasileiras para programa similar

> Documentos obrigatórios para inscrição:

  • Páginas de identificação do passaporte brasileiro, ou documento de identificação oficial com foto (ex. RG ou CNH)
  • Se o candidato já recebeu um visto J-1, cópia do formulário DS-2019 e do visto no passaporte
  • Diplomas e históricos acadêmicos oficiais, completos e certificados (em português), cobrindo todo o período de estudo em universidades e outras instituições de ensino superior
  • Currículo, em inglês (não mais que três páginas)
  • Resultado do teste de proficiência em inglês: TOEFL ou IELTS
  • Três cartas de referência em inglês
  • Vídeo de 30 segundos, em inglês, respondendo a pergunta: Why do you want to be an FLTA?

Os benefícios da bolsa variam de acordo com a universidade na qual o bolsista será alocado, mas incluem apoio financeiro mensal, passagens aéreas, seguro para acidentes e doenças e taxa do visto J-1. Além disso, o programa inclui dois seminários de orientação (pré-partida em São Paulo, e de chegada aos Estados Unidos) e um seminário de acompanhamento em dezembro de 2020.

As inscrições vão até 28 de julho e devem ser feitas através do site da Comissão Fulbright. Saiba mais AQUI.

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais
Entre em contato: tissen@uol.com.br

Siga o Blog da Tissen no Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte: Fulbright

Compartilhe

DEIXE UMA RESPOSTA