Bolsas para doutorado nos EUA | Crédito: divulgação
Bolsas para doutorado nos EUA | Crédito: divulgação
Comissão Fulbright e Capes oferecem 20 bolsas integrais para doutorado nas melhores universidades dos EUA. Inscrições até 31/03.

A CAPES, com o apoio da Comissão Fulbright no Brasil, está oferecendo bolsas para doutorado pleno nos Estados Unidos. Até 20 bolsistas brasileiros serão selecionados para realizar um doutorado pleno nas melhores universidades americanas.

A seleção terá fases no Brasil e nos EUA. A bolsa só será implementada se o candidato pré-selecionado no Brasil for admitido em uma universidade de excelência nos EUA. Dentre as 105 instituições em que o candidato deverá ser aceito estão Harvard, Columbia, Yale, Stanford, University of Chicago e Princeton.

“Esta é a oportunidade de desenvolver pesquisa nas melhores instituições de ensino dos Estados Unidos e receber mentoria especializada para a candidatura às universidades”, explica o diretor executivo da Comissão Fulbright, Luiz Valcov Loureiro.

As bolsas cobrem todos os custos dos selecionados nos EUA. Candidatos de todas as áreas do conhecimento podem se inscrever.

>> O que é necessário para se inscrever:

  • Ter nacionalidade brasileira e morar no Brasil no momento da candidatura e durante todo o processo seletivo
  • Ter diploma de bacharelado ou equivalente, com duração regular mínima de quatro anos, em instituição brasileira de ensino superior reconhecida pelo MEC
  • Não ter cursado ou estar cursando doutorado ou ter título de doutor em qualquer área do conhecimento
  • Ter disponibilidade para dedicar-se integralmente às atividades propostas e aprovadas durante todo o período da bolsa
  • Ter proficiência em inglês com teste realizado após 31 de julho de 2018:
    • TOEFLl iBT 102 ou superior
    • IELTS 7,5 ou superior
  • Apresentar o certificado com a nota do teste GRE (Graduate Record Examination), realizado após 30 de maio de 2016

Interessados devem submeter sua candidatura até 31 de março de 2019. Consulte o edital completo e faça sua inscrição AQUI.

Os selecionados pelo programa iniciam suas atividades nos Estados Unidos no segundo semestre de 2020.

Sobre a Comissão Fulbright:
Desde 1957, a Comissão Fulbright no Brasil já beneficiou mais de 3.500 brasileiros. Mais de 370 mil bolsas de estudo, pesquisa e docência já foram concedidas a cidadãos norte-americanos e de outros 150 países.

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais
Entre em contato: tissen@uol.com.br

Siga o Blog da Tissen no Instagram, Facebook Twitter.

Compartilhe

DEIXE UMA RESPOSTA