Da série Harlem, New York | Fotografia: Gustavo Nogueira
Da série Harlem, New York | Fotografia: Gustavo Nogueira
Esta oportunidade é para você que, através da fotografia, desafia a injustiça, busca a igualdade social e promove os direitos humanos. Inscrições até 1/10!

Anualmente, a Fundação Magnum apoia profissionais que, através da fotografia, desafiam a injustiça, buscam a igualdade social e promovem os direitos humanos.

O Programa de Fotografia e Justiça Social, que acontece em Nova York, oferece espaço para  que seus bolsistas trabalhem em projetos relacionados às suas comunidades de origem, com o apoio de mentores da Fundação Magnum.

O objetivo é treinar e orientar profissionais que têm capacidade de reconhecer as nuances de suas próprias culturas. Pessoas que sabem falar sobre suas realidades, por meio da fotografia.

A bolsa cobre os custos da viagem, hospedagem, alimentação e oferece uma ajuda de custo aos projetos dos bolsistas. O programa é produzido em parceria com a Escola de Jornalismo da Universidade da Cidade de Nova York – CUNY.

Candidatos ideais são fotógrafos iniciantes ou pessoas que fazem parte de grupos sociais, políticos ou culturais oprimidos ou excluídos, capazes de enxergar comunidades em todo o mundo onde a liberdade de expressão é limitada. Refugiados também podem participar.

O programa apoia afro-descendentes, mulheres, indivíduos que não estão em conformidade com seu gênero, LGBTQ, ou que façam parte de grupos minoritários cuja autoria é representada de forma desigual no campo da fotografia documental.

A Fundação Magnum busca:

  • Fotógrafos, artistas ou fotojornalistas em início de carreira
  • Ativistas que usam a fotografia em sua prática de mudança
  • Jornalistas que desejam aprofundar seu envolvimento com a fotografia.
  • Acadêmicos que trabalham com imagens e produção de imagens em suas pesquisas

Candidatos que não tiveram oportunidade de fazer um curso formal de fotografia em nível universitário terão preferência. Domínio do inglês falado e escrito é uma exigência do programa. Finalistas serão entrevistados para garantir sua proficiência verbal em inglês.

O Programa de Fotografia e Justiça Social da Fundação Magnum foi criado para preparar lideranças eficazes e criativas em suas comunidades de origem. Espera-se que os bolsistas se tornem modelos para outros fotógrafos, e que criem com seus colegas internacionais uma rede de apoio. Além disso, é esperado que usem suas habilidades criativas para inspirar movimentos sociais e estimular o debate e a conscientização sobre questões sociais.

As inscrições vão até 1º de outubro de 2018 e devem ser feitas online. Conheça todos os detalhes do programa AQUI.

Fundação Magnum
A Magnum Foundation expande a criatividade e a diversidade na fotografia documental, ativando novas audiências e ideias através do uso inovador de imagens. Através de mentorias, grantmaking e colaborações criativas, a fundação se associa a criadores de imagens socialmente engajados, experimentando novos modelos para contar histórias.

Escola de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade da Cidade de Nova York
O Programa de Fotografia e Justiça Social é produzido em parceria com a Escola de Jornalismo da Universidade da Cidade de Nova York (CUNY). A Escola de Jornalismo da CUNY prepara estudantes de uma ampla gama de origens econômicas, raciais e étnicas para produzir jornalismo de alta qualidade em uma época de rápidas mudanças rápidas.

>> Fotografias deste post gentilmente cedidas por Gustavo Nogueira. Conheça o trabalho deste talentoso fotógrafo brasileiro que há um ano vive em Nova York em seu site ou Instagram.

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais
Entre em contato: tissen@uol.com.br

Siga o Blog da Tissen no InstagramFacebook e Twitter.

Fonte: Magnum Foundation

Compartilhe

DEIXE UMA RESPOSTA