Participe do Programa Jovens Embaixadores e faça um intercâmbio de três semanas nos Estados Unidos. Inscrições até 09/08!

As inscrições para a décima sexta edição do Programa Jovens Embaixadores 2018 estão abertas até 9 de agosto. Alunos do ensino médio da rede pública brasileira, que cumpram os requisitos de seleção, estão convidados a se candidatar.

Estudantes selecionados viajam em janeiro de 2018. Durante a primeira semana do programa, visitam a capital do país e seus principais monumentos. Lá, participam de reuniões em organizações dos setores público e privado, visitam escolas e projetos sociais.

Após essa primeira semana em Washington, os participantes são divididos em grupos menores e viajam para diferentes estados nos EUA, onde são hospedados por uma família americana. Assistem aulas e interagem com jovens da sua idade. Participam em atividades culturais, de empreendedorismo e liderança e fazem apresentações sobre o Brasil.

Requisitos:
– Nacionalidade brasileira
– Ter entre 15 e 18 anos
– Ser aluno do ensino médio da rede pública
– Excelente desempenho escolar e boa fluência em inglês
– Pouca ou nenhuma experiência no exterior
– Nunca ter viajado para os Estados Unidos
– Perfil comunicativo, de liderança e iniciativa
– Estar engajado em atividades comunitárias / voluntariado

Acesse o site do Programa Jovens Embaixadores e conheça todos os detalhes. Inscreva-se até 09 de agosto pelo site ou pelo facebook.

Sobre o Programa Jovens Embaixadores:
Criado pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil em 2002, o programa busca beneficiar alunos brasileiros da rede pública que são exemplos em suas comunidades. O Jovens Embaixadores visa fortalecer o ensino público por meio desses alunos, transformando-os em modelos para as suas comunidades. Desde 2003, mais de 500 jovens brasileiros já participaram do programa.

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais
Entre em contato: tissen@uol.com.br

Siga o Blog da Tissen no Facebook e no Twitter.

Fonte: Embaixada dos Estados Unidos no Brasil

Compartilhe

DEIXE UMA RESPOSTA