Fontana di Trevi, Roma, Itália | Faça o seu pedido! | Foto: timmz, via Pixabay
Fontana di Trevi, Roma, Itália | Faça o seu pedido! | Foto: timmz, via Pixabay

Quer fazer um mestrado, doutorado ou pesquisa na Itália? E um curso em artes, música, dança ou em cultura e língua italiana? Confira estas bolsas! 

O Ministério das Relações Exteriores e Cooperação Internacional da Itália está oferecendo bolsas de estudo a estrangeiros que não residam na Itália e a italianos que vivam no exterior.

A duração das bolsas varia de acordo com o curso selecionado e a renovação será decidida a partir do desempenho do aluno no programa de sua escolha. Para mestrado, cursos em Artes, Música e Dança, doutorado e pesquisa, as bolsas são de seis a nove meses. Para cursos de  cultura e língua italiana, a duração do benefício é de três meses.

Pesquise as ofertas das universidades italianas AQUI. Fique atento às exigências de cada instituição de ensino.

As bolsas cobrem as taxas dos programas universitários e incluem um seguro de saúde e 900 euros a cada trimestre. Para os cursos em língua e cultura italiana, as taxas de inscrição devem ser pagas.

> Quem pode se candidatar:

  • As candidaturas só devem ser apresentadas por estudantes estrangeiros que não residam em Itália e por cidadãos italianos residentes no estrangeiro – IRE – que possuam qualificação acadêmica adequada para se inscreverem em uma universidade ou instituto italiano. As bolsas IRE são oferecidas para os seguintes países: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Etiópia, Peru, África do Sul, Uruguai e Venezuela. Saiba mais AQUI.
  •  Idade:
    • até 28 anos para os cursos de mestrado, Artes, Música e Dança (AFAM), Língua e Cultura italianas
    • até 30 anos para os programas de doutorado
    • até 40 anos para os programas de pesquisa
  • Proficiência em idiomas de acordo com o Common European Framework of Reference for Languages (CEFR):
    • Para programas em italiano: nível B2 no idioma (mínimo). Confira a tabela de certificação AQUI.
    • Para programas em inglês: nível B2 no idioma. Saiba quais são as notas correspondentes com o exame IELTS AQUI e com o TOEFL AQUI.
    • Candidatos aos cursos de cultura e idioma italiano devem apresentar nível A2 no idioma (mínimo). Confira a tabela de certificação AQUI.

As candidaturas devem ser feitas online até o dia 30 de abril.

Conheça todos os detalhes sobre estas bolsas de estudo no site do Ministério das Relações Exteriores e Cooperação Internacional da Itália.

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais. 
Entre em contato: tissen@uol.com.br

Siga o Blog da Tissen no InstagramFacebook e Twitter.

DEIXE UMA RESPOSTA