Compartilhe
Concurso Internacional de Fotojornalismo Andrei Stenin | Foto: Pok Rie from Pexels
Concurso Internacional de Fotojornalismo Andrei Stenin | Foto: Pok Rie from Pexels

Destinado a jovens profissionais entre 18 e 33 anos, este concurso internacional de fotojornalismo é promovido pela UNESCO. Inscrições até 28/02.

O Concurso Internacional de Fotojornalismo Andrei Stenin, da UNESCO, é um concurso anual para jovens fotojornalistas entre 18 e 33 anos. Esta é a única plataforma da Rússia para descobrir novos fotojornalistas. Tem por objetivo permitir que eles/elas se tornem um nome no palco mundial do Fotojornalismo.

Em 2017, cerca de 5000 inscrições de jovens fotojornalistas de 76 países foram submetidas ao concurso. As fotos vencedoras foram exibidas em todo o mundo. Em 2016, exposições foram realizadas em diversas cidades, como Moscou, Istambul, Cidade do Cabo, Cairo, Berlim, Xangai e Roma.

O Concurso Internacional de Fotojornalismo Andrei Stenin está aberto a fotógrafos profissionais  russos e estrangeiros. Participantes devem ter entre 18 e 33 anos e podem enviar até três fotos por categoria. As fotografias devem ter sido feitas após 1º de janeiro de 2017. Em casos excepcionais, serão aceitas séries de fotografias iniciadas em anos anteriores. Nesse caso, a última fotografia da série deve ter sido realizada em 2017 ou 2018. Saiba mais AQUI.

Categorias para as fotos de 2018:

  • Top News. Eventos importantes na vida de indivíduos e nações são os principais temas desta categoria: grandes eventos políticos e sociais; relatórios de zonas de guerra e lugares atingidos por desastres naturais; momentos decisivos na vida das pessoas.
  • Esportes. Esta categoria envolve a captura de momentos no esporte: vitórias de atletas e perdas dramáticas; treinamento diário em esportes; a beleza das competições esportivas.
  • Meu planeta. Envolve capturas que refletem toda a paleta multicolorida de tópicos e imagens do mundo. A tarefa do autor é mostrar um caleidoscópio da vida cotidiana em sua beleza e harmonia atemporais, unindo cenas da vida cotidiana: a vida das grandes cidades e das pequenas cidades; fotos da natureza; feriados etnográficos e religiosos.
  • Retrato. Um herói de nosso tempo. Esta categoria envolve retratos de pessoas – individuais ou em grupos. As fotos podem ser documentais ou posadas. O fator determinante é a capacidade do autor de revelar o mundo interior de seus personagens, expressando suas qualidades e personalidade através da singularidade de sua aparência e de seu visual como um todo.

Prêmios
– Grande Prêmio: RUB 700.000 (setecentos mil Rublos Russos), aproximadamente R$ 40.000,00 (quarenta mil Reais)
– 1º lugar nas categorias Individual Photo Image ou Series of Photo Images – RUB 100.000 (cem mil Rublos Russos), aproximadamente R$ 5.700,00 (cinco mil e setecentos Reais)
– 2º lugar nas categorias Individual Photo Image ou Series of Photo Images – RUB 75.000 (setenta e cinco mil Rublos Russos), aproximadamente R$ 4.300,00 (quatro mil e trezentos Reais)
– 3º lugar nas categorias Individual Photo Image ou Series of Photo Images – RUB 50,000 (cinquenta mil Rublos Russos), aproximadamente R$ 2.850,00 (dois mil oitocentos e cinquenta Reais)

*Prêmios adicionais podem ser oferecidos pelos patrocinadores do concurso e / ou parceiros.

As inscrições vão até 28 de fevereiro de 2018 e devem ser feitas online, no site do concurso. Leia com atenção as REGRAS para participar do concurso antes de fazer a sua inscrição.

Sobre Andrei Stenin
Premiado fotojornalista russo, Andei Stenin nasceu em 22 de dezembro de 1980, na cidade de Pechora. Ao longo de sua trajetória profissional, trabalhou em diversos veículos de comunicação, russos e estrangeiros.

Andrei Stenin estava em uma viagem de negócios no leste da Ucrânia quando desapareceu em 5 de agosto de 2014. De acordo com uma fonte, ele foi detido pelo Ukrainian security service. Campanhas em apoio a Stenin – #FreeAndrew – foram realizadas em todo o mundo.

Em 3 de setembro de 2014, a notícia da morte de Andrei Stenin foi levada a público. O carro que ele estava dirigindo foi bombardeado e queimado em uma autoestrada perto de Donetsk, na Ucrânia. Andrei Stenin recebeu postumamente a Ordem de Coragem por sua bravura e heroísmo no desempenho de suas funções profissionais.

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais
Entre em contato: tissen@uol.com.br

Siga o Blog da Tissen no Instagram, Facebook Twitter.

 

Compartilhe

DEIXE UMA RESPOSTA