Fulbright | Doutorado sanduíche nos EUA | Crédito: divulgação
Fulbright | Doutorado sanduíche nos EUA | Crédito: divulgação
O que acha de fazer parte do seu doutorado em uma instituição de ensino americana? Candidate-se às bolsas Fulbright até 1/10. 

A comissão Fulbright está oferecendo 30 bolsas, de nove meses de duração, para doutorado sanduíche nos Estados Unidos. Estudantes de doutorado brasileiros, de qualquer área do conhecimento, podem se candidatar até 1/10.

As bolsas são para o ano letivo 2018/2019, com início em agosto/setembro e término em abril/maio. As candidaturas devem ser feitas online até 1º de outubro de 2017.

No doutorado sanduíche, alunos regularmente matriculados no Brasil realizam parte do programa em uma instituição de ensino nos EUA. Ao término da bolsa, retornam e permanecem aqui para finalização de seus créditos e defesa de tese.

>> Requisitos:
– Estar matriculado em um curso de doutorado no Brasil
– Ter nacionalidade brasileira – candidatos não podem ter dupla nacionalidade (norte-americana/brasileira)
– Proficiência em inglês: TOEFL IBT (mínimo 71) ou ITP (mínimo 527) realizados após 1 de agosto de 2016; ou IELTS (mínimo 6.0)
– Carta convite do orientador nos EUA, em inglês
– Residir no Brasil no momento da candidatura e durante todo o processo de seleção
– Não acumular esta bolsa com outras para doutorado no exterior

Conheça os outros requisitos, leia o edital completo do programa AQUI. Saiba mais sobre o processo de candidatura AQUI.

A bolsa oferece subsídios mensais para despesas pessoais e de moradia de acordo com a localidade da instituição de ensino americana escolhida. Além disso, o candidato receberá US$ 2,000 para passagens aéreas, US$ 2,000 para auxílio com custos de chegada, curso de inglês, seguro de saúde e visto J-1/J-2. Vale ressaltar que embora os candidatos possam ser acompanhados por seus dependentes durante o programa, a bolsa não cobre despesas relacionadas a familiares.

Candidatos selecionados participarão de um seminário de orientação em São Paulo a convite da Comissão Fulbright.

Leia todas as informações relacionadas à bolsa sanduíche da Comissão Fulbright AQUI.

Sobre a Comissão Fulbright:
O Programa de Intercâmbio Educacional e Cultural do Governo dos Estados Unidos da América foi criado em 1946, por lei do Senador J. William Fulbright. Em 1957 chegou ao Brasil e, desde então, é representado e administrado pela Comissão Fulbright. Suas bolsas já levaram mais de 3.500 brasileiros para estudar no Estados Unidos e trouxeram quase 3.000 norte-americanos para o Brasil. A Fulbright oferece bolsas de estudos para o intercâmbio de estudantes de pós-graduação, professores e pesquisadores que queiram fazer a diferença em suas comunidades por meio da pesquisa e do conhecimento.

Ser um Fulbrighter é fazer parte de uma rede alumni que inclui Prêmios Nobel e pesquisadores de destaque em diferentes países, engajados na transformação do mundo em que vivemos. A Fulbright busca candidatos conectados com o mundo e com a realidade em que vivem, sempre dispostos a multiplicar e compartilhar o conhecimento adquirido em suas experiências para promoção da educação, ciência e cultura.

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais
Entre em contato: tissen@uol.com.br

Siga o Blog da Tissen no FacebookTwitter e Instagram.

Fonte: Comissão Fulbright

DEIXE UMA RESPOSTA