Programa Chevening | Crédito: divulgação
Programa Chevening | Crédito: divulgação
Já pensou em fazer um mestrado no Reino Unido? As inscrições para as bolsas do programa Chevening abrem hoje e vão até 07 de novembro.

Que tal fazer um mestrado em qualquer universidade da Inglaterra, Escócia, Irlanda do Norte ou País de Gales? As inscrições para o programa de bolsas Chevening abrem hoje e vão até o dia 07 de novembro.

Além de cobrir integralmente o curso escolhido pelo candidato, a bolsa oferece um auxílio mensal para gastos com passagens, moradia e demais custos essenciais. Tudo isso por um ano completo. As inscrições devem ser feitas pelo site do programa Chevening.

Candidatos de qualquer área de atuação, com excelente desempenho acadêmico e perfil de liderança, são foco do programa. “Buscamos futuros líderes que desejam realizar mudanças de impacto onde atuam. Estamos prontos para levar mais um grupo de brasileiros ao Reino Unido em 2018”, diz Carlos Eduardo Mesquita, responsável pelo Chevening no Brasil.

Este ano, a novidade do programa é a parceria com a Fundação Lemann, que financiará candidatos nas áreas de Educação, Saúde e Políticas Públicas. As parcerias com a Fundação Parque Tecnológico Itaipu e o escritório Pinheiro Neto Advogados continuam, financiando mestrados nas áreas de energia renovável e direito, respectivamente.

As bolsas do programa Chevening oferecem intensa vivência internacional e oportunidades de desenvolvimento profissional, acadêmico e pessoal. Presente no Brasil há mais de 30 anos, o Chevening já beneficiou cerca de 1.500 brasileiros. São pessoas que tiveram a chance de estabelecer laços sociais, culturais, acadêmicos e comerciais com a rede de Cheveners em todo o mundo.

“Essas parcerias abrem portas para que futuros líderes tragam para o Brasil conhecimento e inovações das instituições britânicas”, ressalta Carlos Eduardo Mesquita. Como Olga Correia, que foi bolsista Chevening em Gestão do Esporte em 2015/2016. Conheça e inspire-se com a história dela AQUI.

O Chevening é um programa mundial de bolsas de estudodo Governo Britânico. A primeira bolsa no Brasil foi oferecida, em 1938, a Vinicius de Moraes. Em 2016, mais de 1800 pessoas se inscreveram no programa. E, sessenta e cinco mestrandos foram escolhidos para estudar em diversas universidades do Reino Unido. Essas pessoas fazem parte da rede Cheveners, uma das mais influentes e respeitadas redes globais da atualidade. Junte-se a elas!

Andrea Tissenbaum, a Tissen, escreve sobre estudar fora e a experiência internacional. Também oferece assessoria em educação e carreiras internacionais
Entre em contato: tissen@uol.com.br

Siga o Blog da Tissen no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA